sexta-feira, 12 de março de 2010

Aprenda a Ouvir.






Tratado de Magia Negra
A Ciência de Influir Pelo Uso das Forças Naturais e Espirituais
por Sw. Prabuddha+
  


Este texto é periodicamente ampliado e revisado.

Ultima atualização em Agosto de 2017 

 @ ATENÇÃO: Os direitos autorais deste texto estão registrados e portanto, é proibida a cópia ou uso sem permissão. O simples ato de copiar, usar, manipular de alguma forma, enfim, tentar apropriar-se das palavras aqui escritas, serão tua confissão incontestável de culpa assinada com teu próprio sangue para que sejas atingido pela culpa e punição em toda tua existência, em todas áreas da tua vida, multiplicando-se com a maior severidade a partir do veneno por ti mesmo criado e que corre em tuas veias e que se tornará em cinzas geladas atormentando cada desprezível célula do teu corpo te tornando imundo como carcaça  podre de vermes esmagados. Até os anjos do Senhor te evitarão.










Aprenda a Ouvir. 

Este trabalho, assim como a Magia, 
tem seu tempo 
e deves considerar que o aprendizado é gradual.

Tudo que aqui tem sido escrito, será  feito de acordo com seu tempo e dedicado aos verdadeiros praticantes da Arte que a cada leitura e prática, descobrirão novos níveis ocultos nas palavras que só são reveladas e compreendidas pela verdadeira evolução obtida. 


Respeite se pretende ser respeitado.

Uma das maiores regras da magia é tratar todos espíritos e Mestres com verdadeiro respeito, não apenas a um, mas a todos incluindo certamente a aqueles quem estes prestam seu respeito

Tu só terás o respeito verdadeiro dos espíritos da magia quando te tornares alguém que merece ser respeitado por verdadeiro mérito.

Os verdadeiros Mestres devem se reconhecer entre si. Podem discordar sobre suas posições e até serem inimigos, mas por regra maior são obrigados a prestar reconhecimento aos demais e tratá-los com respeito.



Engane os humanos, mas não tente enganar o mundo dos espíritos.

Não penses que tentando agradar a um espírito e desprezando outros, e da mesma forma a outros praticantes da Arte, poderás obter algum mérito. Estará cavando tua sepultura com a pá do sofrimento que faz isso.

A Glória é o resultado de muitos grandes méritos. Nunca de artimanhas. Só será verdadeira para os que conquistarem todos os Grandes Méritos por realizarem de maneira verdadeira cada uma das etapas. Ao te tornares grande em cada etapa, conquistas um mérito apenas sendo verdadeiro e respeitoso com todos os demais, humanos e espíritos. A Glória está reservada para poucos.


Magia é intenção manifesta que deve ser clara como cristal e pura como água de montanha.



Magia não tem cor.

Tudo o que fizeres, retornas também para ti. Não estou falando de castigo. Não estou falando de pecado muito menos de karma. Falo de resultados. Falo da sintonia de energias. Se tiveres o foco nalguma coisa, estará vibrando na mesma energia. Seja para o mal, seja para o bem. Tu és o operador, portanto, está sujeito a atuação das energias com que trabalhas. Portanto aprenda a te alimentar dela transmutando e mudando a tua vibração! 

Preste atenção: Magia é só uma.

Não é negra, nem branca, nem cor de rosa ou xadrez.

A Magia é uma Força Natural, nem boa, nem má, assim como a própria natureza e, portanto, depende de quem a opera e para quê.

A própria natureza é livre a sua maneira e obedece a Leis naturais. Portanto, faz parte da magia a liberdade e também a observação das grandes Leis universais (não a dos homens).

Toda operação efetuada em magia, pode ter algum retorno que pode ser multiplicado na mesma natureza vibratória do desejado, mas lembre de que foi dito acima, trata-se de vibração. Mesmo ritmo, na mesma vibração (ou frequência como preferem alguns).


Entenda bem isto: em certos casos, fazer magia pode até ser fácil. Difícil é lidar com todos os resultados e consequências. E por resultados aprenda logo: estes acontecem de ambos os lados. O operador sempre é atingido de alguma forma se não estiver muito bem preparado. Mas o alvo nem sempre será atingido de alguma forma.

Se te pedem para fazer magia e desistem do que foi pedido, és tu quem pagará primeiro por ter ajudado quem não merece.

Tudo tem seu preço. Nunca use a tua Arte sem pagamento, a menos que se trate de caso comprovado de doença ou tragédia em que os seres que ajudares realmente não tenham recursos e que mereçam essa ajuda. Caridade feita de forma anônima também é uma forma de alimentar-se e ter mais poder pois são energias postas em movimento. 

Se aceitares uma luta, lembre que tu pode precisar de curativos também.

Seja ponderado e não assalte quem tem pouco, mas seja justo ao cobrar de quem pode. E lembre que tua paga deve ser alta o suficiente para compensar até os anos que um único trabalho sobre conflitos de outros poderão te custar.

Lembra-te, tu também tens que pagar pelo que fazes, seja para ti, seja para outros.

Repetindo: Cuidado ao ajudar quem não merece.

Não ajudes quem não pediu tua ajuda. Eles refletem como espelhos toda luz que lhes for enviada. Entenda que todas orações feitas para quem não pediu podem se virar contra você ou ser desviadas para se tornarem alimento das mais baixas entidades dos planos baixos do astral.


 
Respeite seus acordos!

Acordos não cumpridos com as energias conjuradas, promessas, pagamentos, etc., são cobrados até multiplamente pela qualidade do que foi pedido e não pelo que foi originalmente acertado. Isto não tem nada a ver com a popular idéia de karma ou a famosa regra tríplice. E não, a tríplice réplica não é o caso. Pode ser muito mais. Um exemplo bem simples: se a pessoa ofereceu uma vela em troca de conseguir uma casa, e o trato não for cumprido, esta irá perder até várias casas. E por que? Pelo que pediu, pelo que não pagou e pelo trabalho todo e que gerou complicações. Mas pode ser muito pior. Então respeite acordos!


Em magia ser mal agradecido é o mesmo que romper um trato ou pacto. 

Dizer um sincero "obrigado" é uma das melhores práticas para com os espíritos.

Pactos são alianças indissolúveis e podem ter seu tempo curto ou longo.

Juramentos formais, assim como pactos, seguem leis rígidas no universo.

Juramentos e pactos efetuados com quaisquer fluídos corporais, saliva, sangue, esperma, etc., são regidos sob severas regras e não ouses tentar rompê-los ou deixar de cumprir com suas responsabilidades.

Não faça promessas que não pode ou não pretende cumprir. Não faça pactos ou juramentos se não tem capacidade de ser responsável por teus atos.

Não ofereça um pagamento que não pretende cumprir.

Lembre, estará sozinho no julgamento. A punição pode demorar seja qual for o motivo, mas é inevitável.


Quem pede e não dá o que prometeu, perde multiplicado o que pediu e não aquilo que prometeu. Se tu como magista atuante perdoares alguém em dívida de promessa não cumprida corre o risco de tu mesmo teres que arcar com a mesma. 
Uma forma de exceção seria o anulamento da dívida por compaixão pura e ainda, numa intervenção divina. Neste caso, ore sinceramente pela compaixão, explicando o porque e pedindo que te livres também.

Compaixão é o ápice do Amor e não a burrice que muitos manifestam.


A magia é ética e ninguém escapa das consequências.



 
Respeite teus inimigos, isto é ser prudente e evita que sejas apanhado despreparado. 


Magos e Mestres devem ser como cavalheiros e damas cultos e não bestas animalescas que alimentam de ruindade ou desejo de vingança fútil.

 
O gigante Golias foi morto por uma criança traiçoeira. Não sejas confiante demais na tua força, pois nos pequenos erros estão as grandes derrotas.

O inimigo pode acertar nalguma coisa que faz, mas isto não lhe dá razão. Um assassino pode ser um bom motorista, mas continua sendo um criminoso. Cuidado!


A magia não tem cor. Tem direção e intenção. És tu quem sabe se queres causar dano.
Para magia o melhor é encontrar um Mestre, alguém que saiba verdadeiramente, pois isto não é o mesmo que tentar guiarem-se apenas por livros e mais livros, que mesmo necessários (os bons autores) algumas vezes estão incompletos e nas edições populares costumam contradizer-se entre si.


Se necessário, podes usar a magia para o bem ou para o mal, mas sempre terá suas consequências. Portanto, use-a apenas quando sabe que vale a pena.


Aja como quiseres, mas busca alguém que te ensine. Livros (realmente bons) poderão ser de alguma ajuda, existem bons autores. Lembre que o conhecimento é colocado de forma velada e também que existem muitas cópias e edições ruins que adulteram propositadamente os textos originais de forma a conseguir escravos para suas linhas. 

Até os melhores textos são propositadamente embaralhados e misturados com informações falsas (e inócuas) ou inúteis. Portanto cuidado!

Tenha quem te ensine os segredos escondidos entre as palavras e seja grato sempre.

Ninguém começa do topo!

Não pense que por ter aprendido um caminho qualquer isto te fará começar do alto em qualquer outro.

Ninguém começa de cima. Se não tiveres a humildade de abaixar-se para cada novo começo, não terás evolução nenhuma e só aperfeiçoará seus erros e defeitos.

Se quiseres ser um general, terás que começar como o mais humilde soldado.

Ler alguns livros e acender uma vela sem cuidado não te fazem melhor, pelo contrário, afaste-se nestes casos.

Os ingredientes podem ser simples, às vezes. Noutras vezes requerem um grande esforço sincero e até obstinado para que consigas a energia necessária.

Alguns dos encantamentos mais arriscados são feitos com poucas coisas, mas sem nenhuma tolerância a falhas. Parecem simples, mas é como cutucar uma bexiga cheia com uma agulha.

Se tiveres que seguir as horas certas, os ciclos do Sol, da Lua e das estrelas, usar componentes preparados desta ou daquela maneira, é porque isto tem sua razão.

Se buscares a Magia Negra, prepara-te, pois conhecerás teu Karma profundamente. Aqui falo que Karma não é castigo, mas equilíbrio com teu Dharma. A carga negativa e a positiva acumuladas. Mesmo que não aprecies estas idéias. Mas elas servem para representar aspectos do equilíbrio das forças.

Terás que buscar a tua liberdade para ter poder e agir com sabedoria. Se fores escravo teu caminho maldito estará escrito em pedra.

Da mesma forma, busca tua saúde. Se não consegues a cura, ou pior, esconde teus problemas com medicinas disfarçadas, que força terá senão a ilusão?

A diferença primária entre o que seria chamado um "Mago Negro" e um "Mago Branco", é apenas o direcionamento de suas ações. Ambos têm que estudar ambos os lados. Ambos têm que dominar seu corpo, mente e espírito.

Ambos têm que ter Luz, mas isto não pode ser explicado.

Magia não é vitrine de moda ou coluna social. Verdadeiros magos negros não ficam alardeando seus resultados. São tão discretos quanto os magos brancos. Na verdade, podem ser os mesmos.

Ser especialista em fazer maldades apenas prova que tens uma alma cega sem luz de espécie alguma, mais nada. Uma serpente comum tem veneno na boca, mas isto não faz dela mestre em nada.

Se não tens Luz própria, um fósforo, uma vela apenas e uma oração sincera serão muito mais forte do que a escuridão de tua alma, pois quem não tem luz não enxerga onde está nem aonde vai.






Alerta Importante


A prática de magia para interferir com pessoas ou acontecimentos pode ser considerada crime pela legislação do seu país.

Nunca ameace alguém de usar magia. Se for tua decisão, faça
Não ameace amaldiçoar alguém. Se for tua decisão, amaldiçoe!


Use Bem a Magia


Magia tem hora para ser usada.
Muitas vezes  é melhor e mais rápido chamar a polícia, um médico, advogado, etc., do que tentar resolver as coisas pela magia.





Existem Melhores Áreas Para Magia Negra? 

Pelo mundo todo existem diversas áreas de magia. No ocidente conhecemos mais as Tradições Ocidentais (WMT - Western Magic Traditions), onde estão os antigos Grimórios Medievais e aí a muito famosa Goetia que é apenas uma parte dos Livros de Salomão, os Livros de Moises, o Grimorium Verum, Black Raven e tantos outros. 

Toda magia depende apenas de seu uso, seja Angélica, com os espíritos planetários, daemons (demònios), etc, são muitas vertentes de origem que remetem a certas práticas que tem aspectos em comum. 

Também são muito populares as tradições baseadas nas ATR, Religões de Tradições Africanas, que possuem inúmeras linhas diferentes. 

Outra área é a magia chamada Pagã, um termo incorreto, mas que é popularmente usado para citar as muitas tradições de bruxaria e mesmo religiões oriundas da Europa, como Norse, Celtas e mais modernas como a Wicca, etc.


Temos as práticas shamânicas, dos curandeiros naturais que também precisam saber lidar com as diversas forças. 

E as tradições locais que surgiram ao longo dos séculos, como as magias campesinas que são passadas de boca em boca e referem-se a práticas muito locais para cada região. 

E as próprias religiões maiores, sejam as cristãs, taoistas, hindus, etc. todas tem suas artes mágicas. Por exemplo, há católicos formais que usam exclusivamente suas novenas para prática do mal.

Por outro lado, citando um exemplo, o Salmo 109 é usado para matar uma pessoa, mas sob o julgamento do Deus Pai para isso e severa observância de quem pede.

Portanto não se trata de qual área seja realmente melhor. 
É primeiro necessário considerar a habilidade de seus praticantes, sua experiência e preparo para o que estão fazendo. 
Uma pessoa ignorante, ou fofoqueira, mas invejosa, pode causar grandes males simplesmente pelo famoso "olho grande". 

Considerando as habilidades, aí sim iremos avaliar algumas áreas. Mas repito, isto exige estudo e prática. Para citar apenas alguns mais conhecidos no ocidente:

A magia Angélica, depende apenas de lembrar que os anjos podem nos disponibilizar escolhas. Estes a princípio buscam pela evolução das criaturas, e sua atuação poderá ser voltada a primeiro tentar criar uma solução que envolva aprendizado para ambas as partes, mas também atuarão fortemente para punição justificada.

A magia com Daemons (demônios) como a Goetia lida com espíritos muito antigos, vários  foram os deuses das antigas civilizações. Sem o necessário tratamento respeitoso e desenvolver um relacionamento formal com eles, estes muitas vezes não parecem muito preocupados com aprendizado, mas com resultados e nem sempre vão apontar algum possível problema. Se concordarem em atuar, podem escolher o caminho mais rápido e as vezes apenas relacionado ao desejado, mas nem sempre algo exato.

Espíritos angélicos, planetários, daemons, deuses e semi-deuses de maneira geral nunca tiveram uma forma humana, são antiquíssimos e seus conceitos de tempo e ética são diferentes dos nossos pois conheceram milhares de anos de civilizações diferentes. 

A magia necromantica, o trabalho com espíritos dos mortos e as muitas religiões e áreas de magia baseadas nestes, na qual eu pessoalmente incluo várias linhas de origem africana pode tornar-se vampirescas. São espíritos que tiveram uma forma humana antes e portanto, desencarnados a pouco tempo e tende a ser mais bruta e difícil de lidar tanto com os resultados quanto as consequências para o operador se não estiver muito bem guarnecido.


Alguns Princípios


A essência da verdadeira magia está no interior das pessoas. Não é material. Não pode ser vista.

O que é necessário depende da disciplina, fé, treinamento, prática e capacidade de não ter expectativas de resultados rápidos nem espetaculares.

Se buscares shows de circo para te exibir ou te envaidecer perante os demais, você fracassou antes de começar!

A vaidade só é amiga de quem seja teu alvo. É uma fraqueza a ser explorada.

O fraco, o cego, o néscio sempre se justifica nas suas tolices.

É falso que o bem de um seja o mal de outro. Pede-se o mal para o mal e o bem para o bem. É simples.

Nunca confundas Mal e Bem. Se pretenderes o teu bem, que sentido pode haver em pedir o mal e atrair para ti mesmo essa energia? O teu bem é teu bem. O mal pedido é o mal. Concentra tua atenção naquilo que queres atrair!

O que conta é a intenção, a vontade perfeita, a aspiração verdadeira que leva a certeza da ação bem executada.

Tu deves fazer esta caminhada por ti mesmo. Se usares da força de outrem, porque tens preguiça, ou porque te achas algum suprassumo do universo, ou porque está comodamente dando ordens para alguém fazer o que tu és incapaz, será apenas prova da tua mais completa estupidez.

Podes conversar com as pessoas. Mas não revele tua arte.

Roupas bonitas e palavreados com pompa não fazem ninguém ser o que não é.

Silêncio e lealdade valem ouro.

Os verdadeiros iniciados se reconhecem entre si, e isto basta.

O iniciado não precisa de documentos, provas, diplomas, fotos. O iniciado ri disto tudo, pois são apenas provas da vaidade infantil dos tolos.




Seja Criativo

Aprenda a usar tuas ferramentas. 
A mesma vela que ilumina também queima. 
O Sol traz a vida e fertilidade. Mas pode escancarar os defeitos do alvo ou assar um verme exposto fora da segurança da sombra.  
Da mesma forma a treva quando é amada pelo alvo, pode ser dissipada com a luz de um único fósforo, uma única estrela direcionada sobre ele.
Pense diferente, aprenda a pensar em situações até absurdas extrapolando situações. 
A água que sacia a sede também pode lavar para longe alguma coisa. 
Se é inútil dar luz para cegos, que tal dar-lhes luxuosos sapatos de salto alto? 
Use as capacidades do teu alvo contra eles mesmos. Por exemplo, faça que sua profissão de excelência seja colocada noutra área que a princípio pareça uma boa oportunidade, mas que será sua ruína.


Os Falsos Aprendizes


Se tiver alunos, estes deverão passar pelas provas iniciais e pelo juramento.

Alerta-os que este compromisso será indissolúvel e sagrado perante e com as grandes forças universais e de todos os perigos e maravilhas da caminhada.

Tome-lhes o beijo de sangue e os entregue para o Grande Conselho. Marque suas medidas se julgar adequado dar-lhes mais valor do que merecem inicialmente ou reserva isto para mais adiante quando completarem seu primeiro ciclo.

Dá-lhes de início algo para que se ocupem e fortaleçam sua disciplina e espírito até provarem que tem valor e merecem aprender.

Muitos rapidamente vão se afastar pensando ter recebido um diploma de formatura logo no primeiro mês de aula. Abandona estes imediatamente a sua própria sorte para não afundar com a ganância ou preguiça deles.

Os arrogantes que quiserem te cobrar ensinamentos mesmo que não estejam preparados ou dar-te ordens achando que são aquilo que não tem, dá-lhes apenas a distração com ensinamentos verdadeiros mas parciais e uma grande pedra para segurarem que vão segurar quando tentarem nadar por si mesmos.

Só quem  provar ser de confiança e ter humildade para aprender, iniciará seu aprendizado profundo.

Nas grandes celebrações, renove a lembrança do grande e indissolúvel juramento para reforçar teu espírito e convicção.


Livrando-se de Alguém


Uma das melhores maneiras de livrar-se de alguém é abrir seus caminhos, para que vá para longe. Quem sabe, ajudar a pessoa a encontrar um grande amor ou um emprego fantástico, mas no outro lado do planeta.

Evite confrontos inúteis.
Foge de mexericos e fofocas como a peste. Gente que gosta de falar dos outros nunca serão de confiança e sempre estarão prontos a trair a todos. São a escória, carniceiros que se alimentam de lixo. Vivem da ruindade que se comprazem em fazer aos demais.

Se te atacam, revida com a força que tens sem piedade. Se teu oponente for mais fraco, não desperdice tua energia mais do que o necessário para anulá-lo.

Se oponente for mais forte, procura suas fraquezas e planeje como agir de forma indireta e oculta. Um vírus é pequeno, mas pode destruir toda uma população.

Não perca tempo com pessoas desonestas. São parasitas ardilosos e não pretendem mudar suas atitudes e sabem que estão erradas. Se te confrontarem, não estão em busca de paz, mas apenas tentando te enganar novamente e também descobrir o que tu possa fazer contra elas. Anule-as rapidamente e evitará perder tempo.


Como Causar a Dor


Uma mãe carinhosa pode causar dor ao repreender um filho.

Lembre-se da intenção do teu ato.

A dor pode ser física, emocional, mental ou espiritual.

A maior de todas as dores está em atingir o que está por trás do alvo. Aquilo que mais ama. Apenas corte seus laços mas não prejudique aqueles outros.

Se trabalhares para neutralizar um criminoso, lembre que este, como um animal ferido, poderá causar mais mal se tua operação for incorretamente dirigida.

Pense com sabedoria ao planejar teus atos. Muitas vezes, a ajuda vem justamente das forças construtoras.

A melhor maneira de ferir um alvo está em prejudicar o que mais ama. Isto não significa atingir seres inocentes. Pode ser algo importante, como seu "automóvel" amado, se for alguém materialista por exemplo.

O resultado pode variar, mas isto pode dar oportunidade de um próximo ataque específico para o alvo.

Ao atacar indiretamente desta maneira, o alvo pode ser momentaneamente neutralizado, ficar em choque, sem reação. Neste caso vai levar uma surra sem reagir.

ou

O alvo pode ter um acesso de raiva e tentar lutar furiosamente, neste caso, geralmente será com todas as defesas abaixadas, cego pela ira. Grande oportunidade para um ataque maciço em várias frentes, ao mesmo tempo. Lembre, a calma e paciência são tuas aliadas.

ou

O alvo pode manter a calma e tentar se aproximar para retaliar. Situação apropriada para ter algo pronto como um campo minado ou armadilhas.

E, claro, é muito útil machucar tanto ao mesmo tempo, o alvo e as ligações com seus amados. Normalmente, o alvo não vai mais proteger-se enquanto tenta proteger as conexões com o que ama com medo de perdê-las.

Isto não inclui atacar inocentes, crianças e nem animais, incluíndo os de estimação. É vil e nunca válido. É desperdício de tempo e apenas destrói sem conquistar nada. Nem méritos.

Mas é adequado para os casos quando se trata de uma cobra venenosa e todos os seus entes queridos que também neste caso são cobras venenosas. O que inclui "status fajutos" e  falsas celebridades, por exemplo.


Das Artes Mundanas


A maior forma de matar é através da morte espiritual, pela perda da fé.

A morte em vida é a destruição de todos os anseios.

Para vencer uma disputa por posição profissional, deves fortalecer o fraco e tornar belo o feio dos que apóiam o oponente. Estes ganharão força inicial mas sem mérito e vão enfraquecer ou até derrubar as barreiras ao mesmo tempo que se desfazem por si.

A melhor maneira de destruir um oponente corrupto é expor suas próprias falhas internas, os inimigos íntimos e assim destruir sua própria estrutura de apoio. 


Das Motivações


O grande agente da magia é a Vontade que deve ser pura e não corrompida por vaidade, pensamentos deturpados, vícios e fraquezas.

Isto só se consegue através da disciplina, da prática constante.

Se tu és incapaz de fazer cada determinado exercício, atividade, ritual por um período de no mínimo um ciclo lunar completo durante muitos e muitos anos de aprendizado DESISTA AGORA MESMO. Saia daqui e não volte. Você não tem a menor vontade nem disposição para isto. Faça um favor a você mesmo: SUMA, esqueça tudo sobre magia e vá ser qualquer outra coisa em que não precise trabalhar.

Se achares difícil então fazer um exercício por 91 dias sem faltar nenhum com certeza achará muito pior o que te espera por trás das sombras.



Magia não é para preguiçosos!


Pensa que alguém vai segurar a montanha que vai desabar sobre ti? É tão néscio que acha que outro vai beber do rio de fogo? É tão seguro de si que acha que aprendeu alguma coisa nos livros escritos sabe-se lá por quem?

Os iniciados se reconhecem entre si. Se apenas as vozes da tua cabeça ou teus amigos bajuladores te dizem que és alguma grande coisa, ESQUEÇA!

O mesmo poder dos iniciados que dão o reconhecimento faz parte das chaves que precisas para ser aceito pelas energias que tu tem a pretensão de invocar.

Tua Vontade deve ser pura!

Teu maior amigo é o silêncio, interior e exterior.

Lembre que em todos os tempos, os perseguidores, os inquisidores, os que tramaram e lutaram contra os praticantes de magia (incluindo as bondosas velhinhas parteiras), tiveram apenas que seguir o rastro dos fofoqueiros até chegar à sua presa.

Tua Vontade deve ser pura e não fruto de vaidade. Se te achas poderoso e invencível é porque já está morto. Aprende: A maior força e a maior velocidade acontecem quando você estiver em queda livre e cego pela vaidade. O poder que sobe a cabeça te derrubará tão rápido quanto um raio.


Sobre as Energias


A magia lida com as grandes forças da natureza, com entidades, deuses, anjos, demônios, etc.

Todos sem exceção devem ser imensamente respeitados e igualmente deverão te respeitar.

Se aceitares te colocar como súdito ou bicho de estimação de espíritos, nunca terá o respeito deles. Ou eles servem a você ou no máximo te tratarão como iguais.


Tratar um Deus como se fosse um garoto de recado é a certeza de que teu caminho logo adiante será coroado por infortúnios.

Se lidas com uma energia de baixo nível que se vende por alguma coisa, isto não quer dizer que outra energia aceitará este tratamento.

A única proteção e segurança que tens na magia é a tua própria força pessoal, tua disciplina, tua constância, teu zelo, respeito e Vontade.


Sobre Vingança


Vingança não é um Direito Divino.

É uma escolha Humana.

Vingança não é o mesmo que guerra.

Quando dá resultado é de uma vez só.

Mas pode ser algo de longo tempo. Assim, a longo prazo tens o desafio de evitar que se torne uma relação sadomasoquista e que é completamente diferente de vingança.

A pessoa justa busca a vingança por justiça, equilíbrio. O malvado busca apenas causar mais mal e aí está sua fraqueza.

A vingança compensa?
Depende. Ao buscar a vingança deve estabelecer claramente o resultado ou compensação que deseja. É necessário receber o resultado desejado para que exista uma compensação, pelo menos em nível de satisfação pessoal.

Não confunda isto com satisfazer vaidades. Infelizmente muitas das buscas por vingança não incluem justiça, e são apenas atos mesquinhos e covardes, como por exemplo, ter sido contrariado. É comum que criminosos queiram se vingar das autoridades por exemplo.

A busca de vingança é ilusão é quando a pessoa não tem metas claras, nem resultados bem definidos para sua vingança. As famosas mágoas que nunca são resolvidas fazem parte deste caso.


A vingança se trata da arma de pessoas fracas de caráter?

A vingança com certeza é algo para os fortes. As pessoas fracas são normalmente escravizadas pela vaidade, pela inveja, sentimentalismo, medo, vergonha, preconceitos, dogmas religiosos e/ou sociais, fraqueza, e principalmente pela preguiça.

As mesas dos bares estão cheios de pessoas que gastam toda energia que tem falando, falando, falando, mas nunca vão fazer nada. E geralmente, acham mais fácil gastar muito dinheiro em bebida, drogas, cabeleireiros ou carros bonitos do que pagar para resolver à situação (terapia ou vingança).

A vingança propriamente dita custa caro e demora. E você pode se dar mal.

Nunca inicie algo se não tem capacidade de ir até o final, nem tente enfrentar algo maior que você. Isto inclui seu próprio coração. Vingança supostamente por coração partido é sinônimo de mágoa e agressão contra si mesmo.

Uma das maiores vinganças é o oposto do Amor: o desprezo e o esquecimento.


É tudo por hoje.


Deves retornar aqui outras vezes. 


Este texto é ampliado gradualmente.

Revisões são acrescentadas, informações removidas e outras adicionadas.



.'.


Visite meu blog: Zenta - A Informática Esotérica - Tudo é TI.






.'. * '.'


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...